Master Class: Narrativa audiovisual: outras perspectivas

Por Miguel Machalski


Descrição do curso
Novas perspectivas da narrativa audiovisual contemporânea.
Compartilhe


O Master Class terá como objetivo dar a narrativa cinematográfica uma abordagem ligeiramente diferente, pensando que um filme é, além da forma estética, uma história e os personagens que a habitam, sendo estes os responsáveis pela criação de vínculos profundos com os espectadores.

Local

Caruaru e Recife

Conteúdo

A escrita audiovisual e a narrativa cinematográfica serão abordadas a partir de uma perspectiva que realça o valor da histórias, passando por uma reflexão sobre como se constróem e como cada componente do roteiro – gênero, tema, argumento, estrutura, personagem, diálogos e conflitos – devem contribuir para a eficácia da história e da película, consideradas como um organismo integrado, respondendo à exigências qualitativas artísticas e de mercado.

Público-alvo

Estudantes, professores, roteiristas, diretores, produtores do audiovisual e interessados em geral.

Cronograma

Dia 10/09 : 14h00 às 17: 30 - Armazém da criatividade ( Caruaru )

Dia 15/09 : 19 :00 às 22:30 - Zump - Portomídia

Ministrado por

Miguel Machalski, nascido na Argentina, filho de mãe britânica e pai polonês, reside em Paris e trabalha no âmbito do cinema internacional como roteirista, consultor e tutor.
Seu perfil multicultural e poliglota e sua diversidade, tanto cultural como profissional, lhe concedem uma visão global particular em termos de desenvolvimento de projetos cinematográficos.
Em sua trajetória, assinou (ou co-assinou) 18 roteiros cinematográficos de diversos gêneros (comédia, comédia dramática, drama, documentário, policial, animação, infantil, entre outros) e línguas (español, inglês e francês). Anualmente, ministra entre 20 e 30 master classes e workshops e assessora projetos na Europa, Ásia, África, Oriente Médio e América Latina em universidades, escolas e festivais de cinema, workshops nacionais e internacionais organizados por entidades públicas e privadas.
Trabalhou com grandes estúdios (StudioCanal Plus, Gaumont, Svensk Filmindustri) e com incontáveis produtoras independentes. Trabalha em vários programas de desenvolvimento e capacitação do programa Europeu Media (Four Corners, Maia, EAVE, Sources2, Powr) e colabora como consultor no Instituto Binger na Holanda e como avaliador externo de projetos para o programa de fomento audiovisual europeo Media.
Autor de dois livros de roteiro: “El guion cinematográfico: un viaje azaroso”, publicado na Argentina, reeditado pela Escola Internacional de Cinema e Televisão em Cuba, e “El punto G del guión cinematográfico”, publicado pela madrilenha T&B. Seu primeiro livro foi também publicado em português no Brasil.
Foi analista de roteiro de filmes como Billy Elliot (Stephen Daldry), Tabú/Gohatto (Nagisa Oshima), Tango (Carlos Saura), Nadie conoce a nadie (Mateo Gil), The Golden Bowl (James Ivory), Femme Fatale (Brian de Palma), Spider (David Cronenberg), The Interpreter (Sydney Pollack), The Man Who Killed Don Quixote (Terry Gilliam), Saraband (Ingmar Bergman), Mar Adentro (Alejandro Amenábar), Million-Dollar Baby (Clint Eastwood)
Foi consultor de roteiro de filmes como Uma Dose Violenta de Qualquer Coisa (Gustavo Galvão, Brasil), A Oeste do Fim do Mundo (Paulo Nascimento, Brasil), Nochebuena (Camila Loboguerrero, Colombia), Depuis qu’Otar est parti (Julie Bertucceli, Francia, Georgia), Jade Warrior (Liro Küttner, Finlandia), Madam X (Lucky Kuswandi, Indonesia), Fe (Alejo Crisóstomo, Costa Rica), El Futuro (Alicia Scherson, Chile), The Dancer (Ifa Isfansyah, Indonesia), Abrir puertas y ventanas (Milagros Mumenthaler, Argentina), De jueves a domingo (Dominga Sotomayor, Chile), Bonsai (Cristián Jiménez, Chile), The Last Friday (¬Yahya Alabdallah, Jordania), La Sirga (William Vega, Colombia), La playa D.C. (Juan Andrés Arango, Colombia), Good To Go (Matevsz Lusar, Eslovenia). Vários destes filmes foram premiados em diversos festivais internacionais.
Houve três de seus roteiros que foram produzidos: o filme argentino Kluge (El arreglador) dirigido por Luis Barone; Ramata, do realizador congolês Léandre-Alain Baker; y América, produção porto-riquenha dirigida por Sonia Fritz.


Formulário de pré-inscrição

Pré-inscriçã Master Class: Narrativa audiovisual: outras perspectivas.


  1. Esta pré-inscrição não garante sua vaga no curso, a qual só será garantida mediante efetivação da matrícula;
  2. O 3emeio se reserva o direito de adiar ou cancelar o curso que não atingir o número mínimo de participantes, cabendo ao 3emeio o reembolso integral do valor investido em caso de cancelamento;
  3. O aluno que abandonar o curso após não cumprimento de toda carga horária não será ressarcido do valor investido;
  4. O cancelamento da matrícula com até 15 dias antes de seu início, receberá reembolso ou estorno integral do pagamento efetuado.
  5. Entre 15 dias e 48 horas antes do início do curso, o reembolso será de 50% do valor pago.
  6. Nas últimas 48 horas que antecedem o início do curso não haverá restituição, podendo ser possível a indicação de outro aluno em seu lugar.

Em caso de dúvidas entre em contato pelo telefone (81) 3040-2225 ou pelo e-mail contato@3emeio.com.br (Horário de atendimento: segunda a sexta-feira, das 10h às 19h).